Páginas

Orgonite Energia Positiva

Orgonite Energia Positiva

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Recebendo a luz dos cristais ... Meditação por Mashubi


"Esta meditação guiada pode ajudá-lo a se conectar vibracionalmente com a luz do reino dos cristais, e receber esta luz de cura em seu próprio corpo. Além disto, você saberá mais por que a luz dos cristais é tão útil para invocarmos para a nossa consciência e nossos corpos energéticos durante este momento na Terra.

MEDITAÇÃO COM OS CRISTAIS

Transcrição da meditação

Bem-vindos a todos, às meditações guiadas do “World Blessings”. E a meditação de hoje é para invocarmos a vibração do reino dos cristais, as energias do reino dos cristais para o seu corpo e o seu corpo energético.

Além disto, eu irei mencionar um pouquinho sobre por que esta é útil e importante agora. Você, provavelmente, ouviu muitas coisas diferentes sobre os cristais, e algumas pessoas sentem uma conexão intuitiva com os cristais. Pode ou não fazer sentido a você, mas o verdadeiro benefício dos cristais e da meditação com os cristais físicos e, também, a meditação com a vibração do reino dos cristais, tem a ver com a ajuda para elevar a frequência vibracional de seu próprio corpo.

A Terra como um ser, a Terra como um ser vivo, tem em si mesma os cristais e o reino dos cristais. Eles são portais interdimensionais da luz, e ajudam a trazer a luz espiritual à dimensão física.

Quando você está meditando com o reino dos cristais, ou com a intenção de trazer os cristais e o reino dos cristais a sua consciência em seu corpo, você está realmente ajudando a ativar as frequências interdimensionais da luz, que ajudarão o seu corpo a entrar mais facilmente nas novas vibrações da luz que estão chegando ao planeta.
Isto é uma coisa maravilhosa! Esta breve meditação guiada é para isto.

Apenas reserve um momento agora. Para esta meditação, nós ficaremos muito, muito tranquilos, assim, apenas se permita agora. Você poderia estar envolvido em um período de atividades em sua vida, e assim, para esta meditação, você precisará de um período de calma.

Esta não é uma meditação melhor para fazer, por exemplo, em pé na fila do supermercado, embora algumas sejam. Mas, permita-se encontrar agora um lugar tranqüilo. E o ideal seria se houvesse alguma maneira que pudesse meditar ao ar livre, se isto fosse possível, ou próximo às plantas, ou coisas da terra, ou meditar, caso tenha animais em sua casa, perto dos animais companheiros. Isto também é maravilhoso, porque eles são uma parte da terra.

Assim, permita-se ficar sentado em silêncio, com a sua respiração suave e regular. Interiorize-se agora. Imagine que a própria base de sua coluna está se estendendo e, energeticamente, crescendo raízes na terra.

Se estiver sentado, apenas imagine que o centro de energia na base de sua coluna está desenvolvendo raízes e penetrando bem profundamente na terra. É um processo muito natural, porque temos esta parte de nosso corpo energético que está conectado com a terra.

Permita-se desenvolver raízes e que estas penetrem profundamente, bem profundamente na terra. Permita que a sua consciência viaje através das raízes em direção ao centro da terra... levando apenas algum tempo para fazer isto.

Respire, permitindo-se viajar para baixo, para baixo nas profundezas da terra, profundamente, para o centro da terra sagrada, a mãe terra. Mova-se para baixo, aprofunde-se mais agora dentro dela, para o centro de seu corpo energético, o corpo de energia e o corpo físico da terra sagrada, e para o seu grande amor e atenção que ela tem por todos nós que estamos encarnados em cima dela.
Basta se aprofundar cada vez mais na terra. E agora permita que sua consciência encontre o descanso bem no centro da terra. Permita-se imaginar que você está descansando bem no centro da terra agora.
Agora, imagine, enquanto você está descansando aqui no centro da terra, que está sendo mantido completamente no amor e no cuidado, na paz e na tranqüilidade, completamente seguro, completamente abençoado.

E agora, neste belo espaço, imagine que você está abrindo os seus olhos e olhando em volta e vendo o que está ao seu redor. No centro da terra, basta ver o que está ocorrendo em torno de você, quando você abrir seus olhos, seus olhos interiores.

Agora, o que quer que você esteja vendo, permita-se imaginar cristais de qualquer tipo, cristais ao seu redor, neste espaço onde você está. Eles poderiam ser cristais de qualquer tipo, quartzo ou ametista ou quartzo rosa, ou qualquer tipo de cristal. Apenas permita que o seu ser interior veja quais os cristais que o estão cercando com amor e cuidado.

Enquanto você está descansando aqui no centro da terra e enquanto você está respirando, permita-se começar a sentir o seu corpo recebendo o brilho dos cristais. Os cristais têm luz, e eles são lindos. Permita-se sentir realmente seu brilho entrando nas células do seu corpo e em seus poros, em sua pele e em sua respiração. Respire profundamente e receba a vibração do reino dos cristais em seu corpo.

Esteja com isto ... e agora, tire um momento para pedir aos cristais que estão ao seu redor, se você pode levar de volta com você uma pequena parte de seu brilho. Você pode estender suas mãos e é só pedir. E veja o que você recebe.Veja o que você recebe em suas mãos, e receba tudo o que for dado pela terra.

Você pode segurá-lo. Pegue os seus cristais com as suas mãos. Mantenha-os contra o seu coração, permitindo-se respirar profundamente. 

E agora, suavemente, permita-se se mover gentilmente através dessas raízes, sentindo-se rejuvenescido, cheio de luz, revigorado, abençoado; você está se movendo para cima, para cima, para cima. Volte suavemente, para a superfície da Terra e de volta para o seu corpo, basta ter um momento para respirar e perceba tudo o que parece diferente.

Permita-se respirar o reino dos cristais em todas as células do seu corpo. Dê-se a sugestão de que o seu corpo detém e processa esta bela luz e que ela permanecerá com você o tempo que for necessário, para toda a cura em todos os níveis de seu corpo, mente,  emoções e espírito.

Muito obrigado por se unir a mim. Eu lhe envio muito amor e muitas bênçãos."

Tradução: Regina Drumond Chichorro –reginamadrumond@yahoo.com.br

quarta-feira, 20 de maio de 2015

A lenda do uso de cristais pela civilização de Atlântida por Margot Valle Ferreira


"Sempre que se fala em Atlântida – o continente perdido – nossa curiosidade é aguçada. Vários documentários acerca dos seres que ali habitaram possuem um ponto comum: a extrema inteligência e o vasto conhecimento que o seu povo possuía para a época. Dentre os livros de Cristaloterapia que pesquisei, duas autoras fazem belas referências históricas do uso dos cristais pelo povo Atlante: Bárbara LELLIS (2004) e Katrina RAPHAELL (1985).

Ao falar de Atlântida, LELLIS se baseia em historiadores gregos – Aristóteles, Empédocles, Plutarco e Demócrito – e afirma que “é pelas crônicas destes historiadores que se pode saber que os sábios de Atlântida utilizavam habitualmente grandes cristais com a finalidade de canalizar as forças cósmicas e depois tirar proveito delas.”

A civilização de Atlântida utilizou os cristais com fins científicos, como na cura, na iluminação pessoal, na meditação e em comunicações telepáticas não apenas com o seu passado, mas também em contatos com outras energias interdimensionais e interespaciais, alcançadas somente por esta forma de comunicação.

Ainda segundo LELLIS, os ‘sacerdotes negros’ de Atlântida descobriram que podiam controlar as pessoas através da hipnose induzida pelos cristais e a aplicação errônea dos poderes dos cristais provocou a derrubada desta lendária civilização.

Este mesmo relato referente ao desaparecimento da civilização de Atlântida é ratificado por RAPHAELL, ao afirmar que a causa da derrubada de todo o continente Atlante foi: “o abuso do conhecimento sagrado e o mau emprego do temível poder para fins egocêntricos”

Apesar do desaparecimento deste continente, diz a lenda que alguns sábios de Atlântida, os chamados ‘magos brancos’, preservaram os conhecimentos-chave de seus antepassados em cristais programados, que foram alquimicamente desmaterializados e, posteriormente, rematerializados em vários lugares no interior da Terra. 
Acredita-se que tal conhecimento retornará as mãos dos seres humanos quando os homens forem capazes de entender e utilizar esses conhecimentos para o bem-estar e o progresso da humanidade.
 Os cristais que acumulam toda a sabedoria Atlante ascenderão à superfície da terra e se farão conhecer. Muitos desses cristais são denominados como CRISTAIS GUARDIÕES DA TERRA.

Eles são os gigantes emergentes da Terra. Medem em média de 1,5 m até 2,10 m de altura, podem chegar a pesar toneladas e uma belíssima lenda histórica envolve estes cristais gigantescos e suas funções.

Conta à lenda que, há milênios, seres altamente evoluídos, capazes de caminhar pelos sistemas estelares buscando conhecimento, viram que o planeta Terra se encontrava em condições de recebê-los, através da encarnação no plano físico. Para tanto, irradiaram dentro do dióxido de silício sua força e luz, criando assim grandes cristais.

A função inicial desses cristais gigantescos era acionar o campo eletromagnético da Terra para que eles pudessem, então, encarnar no plano físico do planeta. Muitos deles após tomarem a forma humana formaram as grandes civilizações da antiguidade, como por exemplo, Lemúria e Atlântida.

Paralelamente a esta chegada, o homem de Neanderthal era a forma de vida animal em evolução sobre a Terra. Os Cristais eram a ponte de ligação entre suas consciências e as mais elevadas freqüências de suas origens, além de serem os instrumentos através dos quais canalizavam a força cósmica.

Reza a lenda que, como parte de um plano Divino para a evolução das formas animais originais do planeta, alguns dos seres evoluídos aqui encarnados fariam parte do ciclo evolutivo dos primatas a fim de que estes, um dia, também pudessem elevar-se ao nível de conscientização. Neste processo de integração, o véu do esquecimento cobriu a lembrança do que eles eram e dos motivos de suas vindas ao plano terrestre.

Em função disto, acostumaram-se aos prazeres dos cinco sentidos do plano físico e passaram a usar a força cósmica dos Guardiões da Terra em beneficio próprio.

Muitos dos seres evoluídos percebendo o perigo do mau uso do poder, preferiram deixar a Terra e continuarem sua cruzada semeando a evolução. 
Ocorreu, então, um êxodo em massa do planeta na mesma época em que os Guardiões da Terra foram enterrados em solo fundo. Mas, muitos optaram por ficar e migraram para algumas regiões do planeta, como o antigo Egito.

À medida que são descobertos e emergem a superfície terrestre, os Guardiões da Terra poderão ser reativados por aqueles que trazem consigo o conhecimento e a consciência de nossos ancestrais, permitindo que reestabeleçamos a comunicação com nossa linhagem celestial.

A disposição para se desprender do ego pessoal é a condição necessária para o despertar desses cristais que, quando extraídos, acham-se inativos. 
Porém, essa disposição deve ser comum a um grande grupo de pessoas e não apenas a uma.

 Quando isso acontecer, toda a humanidade acordará para uma nova era na evolução humana, pois poderemos aprender os segredos contidos na sabedoria desses cristais, que não se limita a toda historia da Terra, mas também a vida nos espaços estelares."
Margot Valle Ferreira

Fonte: http://www.terapiadecaminhos.com.br/cristais04-08.htm

Cristais... Energia e Poder por Déa Lins



"UMA MESMA ENERGIA REGE AS PEDRAS E TODOS NÓS
Ninguém sabe realmente quanto tempo um cristal leva para se formar. Alguns geólogos falam em milhares de anos, enquanto outros afirmam que, a partir da combinação dos elementos adequados e sob condições específicas, a maioria dos cristais pode se formar em poucos minutos. No que todos concordam é que as formações minerais cristalinas são especiais. Não só pela beleza incomum mas pelos poderes que são a elas atribuídos por muitos pesquisadores.

A maioria dos cristais se forma no magma, camada interior da Terra composta de gases incandescentes e metais em estado líquido, em alta temperatura. À medida que porções desse material fundido alcançam camadas mais externas da Terra, começam a esfriar (lenta ou repentinamente) e a endurecer. Quando essa massa de rocha esfria totalmente, os átomos que a compõem agrupam-se de forma especialmente regular, assim nascendo os cristais, formações simétricas e, em sua maioria, com algum grau de transparência.

Alguns cristais formam-se em cavidades vulcânicas que são “falhas” na lava resfriada depois das erupções dos vulcões e onde ficam retidos alguns gases. Outros ganham forma pelo acúmulo de sais em praias, rios ou veios d'água subterrâneos. A erosão lenta de rochas, provocada pelo trabalho do vento, água e gelo, faz com que elementos como o carbono ou o silício sejam liberados e se agrupem sob condições muito especiais e assim surgem também alguns cristais.

A outra forma de um cristal nascer é sob uma forte pressão. Terremotos e pequenos movimentos na crosta fazem com que rochas de superfície e cristais já formados escorreguem para camadas mais profundas. Ali, os cristais são fortemente comprimidos e ganham uma incrível resistência, passando por um processo conhecido como recristalização. É assim que nasce, por exemplo, o diamante, o mais duro de todos os minerais da Terra.

Para ter uma ideia da pressão que sofre um diamante antes de ficar “pronto”, basta saber que numa única gema, do tamanho do seu dedinho, estão concentrados mais átomos de carbono, que é o princípio químico da vida, do que em 50.000 árvores centenárias com mais de 30 metros de altura.

O QUE SÃO OS CRISTAIS
Como toda matéria, os cristais são compostos por partículas microscópicas, os átomos. Átomos são constituídos de partículas ainda menores: prótons, elétrons e nêutrons. Essas pequeníssimas porções de matéria estão em movimento constante, vibrando sempre. É por isso que se define toda a matéria como “energia concentrada”. Durante essas vibrações, cada átomo de matéria capta e emite energia ao mesmo tempo. Não existe, portanto, matéria morta. O mundo físico, palpável, nada mais é que o agrupamento de diferentes combinações de energia concentrada, onde tudo está sempre trocando informações, ou seja, vibrando numa determinada sintonia.

O que define a forma de uma pessoa, ou de uma rocha, é a maneira como os átomos que as compõem se juntam em moléculas, e como estas se agrupam para compor a forma física desses seres.

Um cristal é, portanto, um ser vivo, tanto quanto nós. Aparentemente muito diferente, e certamente com outro tipo de habilidade, mas não apenas uma coisa.

Na formação de uma estrutura cristalina, como a ametista, o quartzo límpido ou o citrino, por exemplo, os átomos estão associados em perfeita unidade e harmonia, como se tivessem nascido uns para os outros. Assim também acontece com as moléculas, que vibram todas numa mesma frequência.

É por isso tudo que os cristais são considerados formas minerais integrais e completas em si mesmas, que encantam pelo formato perfeito, pelas cores deslumbrantes e pela luminosidade que irradiam. Só que para chegarem às nossas mãos, passam por um exaustivo trabalho de extração. 
Como se formam em veios, na terra, é preciso tirá-los de lá com ferramentas rudimentares, cunha e martelo. O trabalho se complica quando feito em escala industrial. Aí é preciso usar máquinas especiais, até explosivos, como na extração do quartzo em todas as suas variações. Em outros casos, é preciso colher o cristal depositado na areia, em beira de praia ou leitos de rios, da mesma forma que se obtém o diamante e o topázio.

Aí, a pedra bruta ainda vai passar por um processo de limpeza com produtos químicos e de polimento e lapidação para só então revelar todo o seu brilho.

O REINO DOS ELEMENTAIS
Há quem considere o reino mineral, berço dos cristais, como inferior aos outros reinos da natureza, o vegetal e o animal. Porque é inanimado, desprovido de inteligência e tem utilidade apenas para o conforto e subsistência do ser humano.

Mas, para os místicos, o reino mineral é muito rico e importante, já que é regido por entes espirituais elevadíssimos – os elementais -, também conhecidos como espíritos da natureza. Os elementais vivem dentro dos cristais e estão prontos a se comunicar com os humanos, transmitindo sua luz e beneficiando a humanidade no que ela necessitar. Assim, para aqueles que se sentem atraídos pelos cristais apenas porque os acham belos, os elementais irradiam beleza. Já aqueles que buscam nos cristais relaxamento, saúde, equilíbrio psíquico e espiritual encontrarão lá os elementais prontos a colaborar para a conquista desses objetivos.

OS BENEFÍCIOS QUE OS CRISTAIS VÊM FAZENDO PELA HUMANIDADE
A tradição mística e lendária nos conta que na antiga Atlântida os cristais eram usados para canalizar energia cósmica, com diversas finalidades, como sinais de luz que serviam para a comunicação telepática com seus antepassados e com a energia divina. Além disso, segundo relatos dispersos em diversos livros escritos por sensitivos, os atlantes empregavam os cristais no arquivamento de informações (como num computador moderno), na iluminação de casa e cidades e na cura de doenças.

Acredita-se mesmo que um dos motivos da destruição de Atlântida, um continente que ficava entra a África e América do Sul, tenha sido o uso abusivo e indevido da energia poderosa dos cristais.

FORMAS PERFEITAS
Os sobreviventes de Atlântida levaram parte do conhecimento acumulado a respeito dos cristais para diferentes regiões do mundo, como o Egito, o Tibet e a América. As pirâmides construídas pelos povos dessas regiões, com sua forma geométrica perfeita, reproduzem exatamente a estrutura molecular dos cristais e têm seu ângulo interno exatamente igual ao das pedras de quartzo. As pirâmides também canalizam a energia cósmica para a superfície da Terra.
Alguns autores acreditam que a grande pirâmide de Quéops, assim como todas as outras, possuía em seu topo um gigantesco cristal, que ampliava espantosamente a energia captada dentro da pirâmide.

As múmias egípcias foram encontradas sempre cobertas de pedras preciosas, especialmente a turquesa que é excelente para regenerar e conservar a pele. Na Grécia clássica, usavam-se os banhos de imersão com cristais, com fins terapêuticos.

Civilizações sucederam-se no decorrer da história, e o conhecimento acerca do poder oculto dos cristais acabou se transformando em segredo de iniciados. Com o tempo, muito dessa sabedoria se perdeu.

SÍMBOLOS DE PODER
Os vestígios desse vasto conhecimento são inúmeros. E aparecem, por exemplo, na Bíblia, mais especificamente no Livro do Êxodo, que reúne relatos provavelmente datados de 2.000 anos antes de Cristo. Esse livro cita um colar sagrado, que dava a Aarão o “poder de Deus”.

O colar era composto por doze pedras preciosas, arranjadas em quatro fileiras. Não se sabe, no entanto, que pedras eram essas, mas apenas que tinham “inspiração divina” e fortes poderes espirituais.

Ao mesmo tempo em que despertavam a cobiça de muitos, por sua raridade e beleza, pedras preciosas e cristais eram vistos com admiração, por motivos muito mais nobres, por outros tantos. Estudos astrológicos datados de quatro séculos antes de Cristo, escritos em sânscrito, descrevem detalhadamente teorias sobre a origem de diversas gemas e cristais e o poder deles ligados a cada um dos signos. Nesses mesmos estudos, os astrólogos aconselhavam as pessoas a usarem certos tipos de pedras para trazer sorte e neutralizar a influência negativa dos planetas em movimento.

Os antigos reis da Índia eram aconselhados pelos sábios a preservar consigo pedras e cristais específicos com a finalidade de obter proteção contra o mal e para ativar a intuição, facilitando a tomada de decisões.

Talismãs e amuletos usados na cintura ou dependurados no pescoço serviam para curar doenças entre egípcios e persas. Registros arqueológicos do Império Romano atestam que algumas pedras eram usadas para provocar efeitos positivos sobre o corpo das pessoas.

Dos Faraós à rainha da Inglaterra, a posse de joias por monarcas é prática usual, como um dos mais fortes símbolos de poder. Na rica história dos povos indígenas da América do Norte, quase aniquilada pelo desprezo dos colonizadores, havia cerimônias especiais, quando os mais velhos da aldeia usavam grandes cristais de quartzo límpido para “ver” o que fosse preciso.

Os Maias, na América Central, usavam ametista e outras pedras para diagnosticar e curar doenças, com o auxílio de outros tipos de remédios. Uma lenda dos índios mexicanos diz que toda pessoa que levar uma vida voltada para o bem terá sua alma guardada para sempre dentro de um cristal, depois da morte. E esse cristal passaria a ter o poder de curar, guiar e realizar os sonhos de quem o encontrasse.

Estes são apenas alguns exemplos dos poderes dos cristais. Mas nada disso se compara ao que, aos poucos, a pesquisa metódica e as experiências de sensitivos vêm nos revelando sobre a maneira como os atlantes faziam uso desses instrumentos divinos."

Déa Lins
Fonte:http://www.cristaisdecurvelo.com.br/pages/Cristais-Nascimento-e-Poder.html

segunda-feira, 11 de maio de 2015

O Grupo Arcturiano - "Estado de Consciência"

"Cada vez que uma nova pessoa desperta para a Verdade Universal, o todo da humanidade se eleva uma marca. Quanto mais alto a humanidade se eleva como uma alma coletiva de grupo, mais importante é garantir que todos os aspectos estão em alinhamento. 

Saudações, queridos.

Nós observamos que tudo está procedendo de acordo com o plano, e a maioria de vocês está começando a reconhecer e experienciar as novas e poderosas energias da transformação.

A experiência de todos pode ser diferente, então tentem não comparar a sua com o que vocês podem ler ou tomar conhecimento a respeito das experiências espirituais de outros.

Toda pessoa é única em virtude de ter vivido experiências diferentes por muitas vidas e finalmente chegar ao estado de consciência atual. Vocês estão limpando os resíduos de centenas de vidas vividas na ignorância e nenhuma pessoa é exatamente igual à outra.

A maioria de vocês está começando a ver e experimentar um mundo de uma perspectiva dimensionalmente superior que está se manifestando como novas maneiras, formas e ideias dessas coisas com que vocês já estão familiarizados. A realidade (Ideia Divina) de tudo no mundo exterior sempre permanece presente e infinito na Consciência Divina. A evolução espiritual permite que vocês interpretem e manifestem essas Ideias Divinas em níveis novos e superiores.

Um exemplo poderia ser como o mundo tridimensional vê a morte. A morte significa a destruição completa para aqueles que acreditam que não existe nada além de uma vida, exceto a pequena chance de um céu ou inferno baseado em quanto a pessoa foi “boa”. Então, a morte para eles é algo para ser temido e evitado a todo custo. Aqueles com uma consciência mais iluminada, que percebem que jamais poderia existir a morte real, estão bastante livres deste medo intenso e ansiedade.

Sempre existe alguma tristeza com a despedida, mas nada do terror e da resistência nascida da ignorância. A morte é reconhecida como sendo transição, não um fim – uma parte da jornada evolucionária de todos na Terra, frequentemente bem-vinda para aqueles que estão cansados e prontos para ir para casa. A Ideia Divina aqui é Onipresença. Vocês, como expressões do Divino, sempre serão... o lugar não importa.

Logo vocês começam a ver mudanças nos governos e na lei, pois a consciência da humanidade está despertando rapidamente e está preparada para recuperar os poderes pessoais ignorantemente entregues durante vidas. Mais e mais pessoas estão começando a perceber que elas não são impotentes e esta mudança no interior por sua vez se manifestará como mudanças no exterior.

A contínua limpeza da energia antiga não deve continuar eternamente, e muitos de vocês agora estão mudando para um tempo de criar. Porque vocês estão começando a aceitar que de fato são seres espirituais poderosos, seus pensamentos e palavras estão começando a se manifestar mais rapidamente. Como agora vocês estão mudando para um estado mais evoluído de consciência a maioria da programação antiga de vidas de ignorância que serviu para bloquear sua capacidade de manifestar conscientemente tem se dissolvido ou está em processo de dissolução.

Por milhares de anos a humanidade em sua maior parte esteve inconsciente de sua verdadeira natureza e consequentemente uma consciência mundial de impotência individual tornou-se a crença de consenso. Aqueles em posições de domínio sempre trabalham para convencer a maioria de que ela não tem poder próprio e então deve contar com os outros (eles) pelo seu bem. O resultado tem sido um mundo de pessoas ignorantes de quem elas realmente eram, acreditando, obedecendo e seguindo as demandas do rico e poderoso sem questionar. Isso acabará quando a maioria despertar, servindo para elevar e abrir a consciência mundial para os novos níveis mais altos de conscientização.

Levantem-se, queridos, e se lembrem de quem vocês são. É hora de reivindicar sua filiação divina, estando sempre atentos de como vocês falam e pensam, pois vocês são criadores. Notem como alguns indivíduos que são especialistas em certas áreas da medicina ou ciência por estudo intenso, pesquisa e crença, frequentemente descobrem esses exatos problemas se manifestarem em suas próprias famílias ou neles mesmos. Todo painel, propaganda ou anúncio relacionado a alguma campanha para lutar contra uma doença ou condição serve para materializá-la mais firmemente no sistema de crença de todos que o leem e assim manifestar mais dela.

Quando um indivíduo está enredado no sistema de crença humano da dualidade e separação, sua vida reflete algo bom e algo ruim. Lições de vida dolorosas normalmente fazem parte do contrato pré-natal da alma para resolver alguma questão kármica ou aprender alguma lição necessária, mas as experiências tridimensionais também podem ser impessoais, simplesmente refletindo um estado de consciência que aceita dois poderes.

Não era para o homem escorregar tão fundo na densidade tridimensional, mas vocês estão concluindo o árduo trabalho necessário para ir além dela e estão fazendo um bom trabalho. Um trabalho que exigiu vidas normalmente de experiências dolorosas necessárias para criar coragem e força. Lembrem-se desse fato sempre que estiverem tentados a acreditar que vocês são um fracasso de algum modo, pois na realidade não pode haver fracasso, somente experiências de aprendizagem.

É difícil ir além do pensamento popular até a verdade se tornar um estado de consciência atingido e nesse ponto muito do sistema de crença tridimensional começa a simplesmente perder sua relevância e poder sobre vocês. Vocês veem e ouvem essas mesmas coisas como todos os outros, mas vocês não reagem mais do mesmo modo.

Aqueles de vocês lendo essas mensagens estão rapidamente mudando para uma consciência capaz de discernir a verdade onde o mundo vê discórdia e estão começando a reconhecer instintivamente o que é propaganda e promoção para o benefício financeiro de uns poucos. Vocês estão aprendendo a ver o mundo com novos olhos e a viver a partir de uma conscientização maior do que está acontecendo ao seu redor. Por causa disso, vocês estão ajudando a mudar a consciência mundial para novos níveis.

Olhem para as suas vidas anos atrás numa época anterior, queridos, e vocês rapidamente perceberão como vocês chegaram longe em um tempo tão curto.
Apenas alguns anos atrás vocês poderiam entrar na onda de crenças tridimensionais muito populares, aquelas mesmas crenças que vocês claramente veem de modo diferente hoje.

Vocês estão despertando e se lembrando de quem vocês são – percebendo que vocês não mais precisam procurar, implorar ou invocar para algum deus “imaginário” pelo bem que vocês têm procurado em vão vida após vida.

Regozijem-se, pois vocês finalmente descobriram onde ELE sempre esteve – dentro – paciente e amorosamente aguardando seu reconhecimento.

Nós somos o Grupo Arcturiano.

Canal: Marilyn Rafaelle 
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com
Fonte:http://sementesdasestrelas.blogspot.com.br/2015/05/o-grupo-arcturiano-estado-de.html

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...